Ir para o conteúdo

Vera Cruz / RS
Acompanhe-nos:
Rede Social Facebook
Rede Social Youtube
Rede Social Instagram
Rede Social WHATSSAP
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
JAN
12
12 JAN 2022
Perdas de R$ 12 mi motivam Decreto de Situação de Emergência
enviar para um amigo
receba notícias

Pelo terceiro ano consecutivo o Município de Vera Cruz decreta Situação de Emergência em razão da estiagem. A assinatura do documento ocorreu na manhã desta quarta-feira (12) no Gabinete do Prefeito. O laudo técnico de perdas elaborado pela Secretaria de Desenvolvimento Rural e Meio Ambiente em conjunto com Sindicato dos Trabalhadores Rurais na Agricultura Familiar e Emater/RS-Ascar estima que a quebra na produção tenha gerado um prejuízo de mais de R$ 12 milhões, quase metade dessa perda, R$ 5,9 mi, ocorre somente na produção de milho em grão.

As perdas na produção agrícola até o momento variam entre 25% e 35% e estão concentradas nas culturas do arroz, soja e milho. O levantamento aponta ainda perdas na produção de leite. De acordo com o engenheiro agrônomo da Emater local, Alberto Pinheiro, os prejuízos levam em conta a baixa produção das culturas já plantadas devido à falta de chuvas para o desenvolvimento. Se consideradas as culturas que não chegaram a ser semeadas, os prejuízos são ainda maiores.

O prefeito Gilson Becker salientou as intervenções feitas ao longo dos últimos dois anos e as ações planejadas para os próximos anos na tentativa de amenizar os efeitos dos períodos de menor precipitação. “Construímos mais de 10 quilômetros de redes de água no interior só no último ano e ampliamos o Programa Protetor das Águas para melhorar ainda mais a vazão do Arroio Andréas. Estamos contratando horas de escaveira hidráulica para abertura de açudes e encaminhando documentação solicitada pela Secretaria de Obras do Estado para perfuração de poços artesianos”, relembrou o Chefe do Executivo.
Além disso, Becker afirmou que o plano para construção da barragem está avançando. “Serão 12 hectares de reservação de água em Dona Josefa. Também está em estudo de viabilidade a utilização da cava de britador, na mesma região, como reservatório”, revelou o prefeito, fazendo um comparativo do consumo de água que em 2010 era de 2 milhões de metros cúbicos de água por dia em Vera Cruz e hoje ultrapassa os 6 milhões.

O Chefe do Executivo ainda ressaltou a soma de esforços com entidades para amenizar os prejuízos dos agricultores. O decreto é uma maneira de garantir a anistia do Programa Troca-Troca de Sementes de Milho e a possibilidade de acesso dos produtores rurais aos seguros agrícolas, bem como a renegociação de financiamentos e a busca de recursos do Governo do Estado e da União para outras intervenções do Município.

Até o momento, mais de 500 mil litros de água para consumo humano e animal já foram transportados pelo Corpo de Bombeiros Misto de Vera Cruz. Conforme o sargento Eder Porto Ferreira, desta vez os pedidos iniciaram mais cedo, em novembro. No verão passado, os pedidos começaram a chegar em dezembro para a corporação, que chegou a entregar 1 milhão de litros de água.

Autor: Josiléri Linke Cidade
Seta
Versão do Sistema: 3.2.3 - 06/06/2022
Copyright Instar - 2006-2022. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia