Ir para o conteúdo

Vera Cruz / RS
Acompanhe-nos:
Rede Social WHATSSAP
Rede Social Facebook
Rede Social Instagram
Rede Social Youtube
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
DEZ
09
09 DEZ 2021
Pavimentação de Linha Henrique D’Ávila é confirmada
Foto Noticia Principal Grande
Vera Cruz foi contemplada na faixa 2 de municípios com mais de 20 mil habitantes
enviar para um amigo
receba notícias

Agora é oficial. O dia 8 de dezembro de 2021, entra para a história de Vera Cruz. A VRS-847, em Linha Henrique D’Ávila, será pavimentada. Depois de 28 anos de espera a comunidade pode comemorar. O Governo do Estado, através da Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Metropolitano, confirmou nesta quarta-feira (8), que o projeto apresentado pelo Município de Vera Cruz dentro do Programa Pavimenta foi contemplado.

O anúncio foi feito pelo Governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, e pelo Secretário de Desenvolvimento Urbano e Metropolitano, Luiz Carlos Busato, em cerimônia realizada no Palácio Piratini, em Porto Alegre, com a presença do Prefeito Gilson Becker e o Vice Claudério Ferreira. O edital prevê o repasse de R$ 2 milhões dos cofres do Estado.

“Essa confirmação é resultado de um trabalho conjunto de muitas mãos que já passaram e de uma equipe atual que esteve empenhada todos esses meses para que o projeto fosse contemplado. Com toda certeza, é a realização de um sonho não só da comunidade, mas de todos nós que. A pavimentação será um legado que está gestão terá orgulho de carregar. Nossa gratidão a todos os envolvidos”, exaltou o Prefeito.

Desde julho, quando o edital foi lançado e o Município de Vera Cruz manifestou interesse na celebração de convênio, foram encaminhados diversos documentos e realizadas várias adequações para que a proposta estivesse de acordo com o previa o edital. Vera Cruz foi habilitada inicialmente e novos documentos foram solicitados. Um representante da Secretaria Estadual chegou a vir a Vera Cruz para conhecer a estrada, que liga Vera Cruz ao Município de Rio Pardo, pela localidade de Albardão.

As obras da rodovia foram iniciadas em 1993, onde ocorreu a preparação da base, a construção dos bueiros, galerias e cabeceiras. No entanto, a construtora abandonou a obra e o contrato só foi rescindido unilateralmente pelo Estado em 2018, depois de inúmeras tratativas realizadas pelo então Prefeito Guido Hoff.

Após esse pleito, o Município buscou junto ao Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem – Daer e a Secretaria de Transportes a realização de estudos de atualização do Projeto Executivo, bem como a reformulação e atualização dos valores, para que ao final dessa etapa a pavimentação da estrada pudesse ser incluída no orçamento e no rol de obras a serem licitadas pelo Estado.

Com o lançamento do Programa Pavimenta, o Município de Vera Cruz se habilitou a receber investimentos do Estado. Ao mesmo, o Chefe do Executivo buscou a confirmação de emendas parlamentares para que a obra possa chegar ao valor orçado no projeto, de R$ 3,8 milhões, e a pavimentação alcance 5,2 quilômetros, chegando até a Comunidade São José.

O Município aguarda agora as orientações do Governo do Estado para dar andamento no processo licitatório. Pelo projeto, a prefeitura irá executar a preparação da base da cancha para o recebimento de bloquetes, como é conhecido o piso intertravado de concreto, da mesma forma como estão sendo executados os calçamentos de 47 ruas da área urbana.

Nesses quase 30 anos de espera pela obra, a região de Linha Henrique D’Ávila teve um crescimento significativo no número de moradores, prova disso é que a localidade abriga uma das maiores escolas de Ensino Fundamental da rede municipal de ensino, a Jacob Blész, além de uma Estratégia de Saúde da Família – ESF. Consequentemente, o tráfego de veículos, caminhões e ônibus também aumentou e, com isso, cresceram os problemas com a poeira e o barro.

A estrada intermunicipal, registrada na malha rodoviária estadual como VRS-847, é também utilizada como corredor de escoamento da produção primária da região de Linha Henrique D’Ávila, em especial de soja, milho e tabaco, entre outros produtos agrícolas, servindo inclusive de ligação com a RSC-153 e ERS-412.

Autor: Josiléri Linke Cidade
Seta
Versão do Sistema: 3.2.8 - 16/11/2022
Copyright Instar - 2006-2022. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia