Ir para o conteúdo

Vera Cruz / RS e os cookies: nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
ACEITAR
PERSONALIZAR
Política de Cookies e Privacidade
Personalize as suas preferências de cookies.

Clique aqui e consulte nossas políticas.
Cookies necessários
Cookies de estatísticas
SALVAR
Vera Cruz / RS
Acompanhe-nos:
Rede Social WHATSSAP
Rede Social Facebook
Rede Social Instagram
Rede Social Youtube
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
JUN
12
12 JUN 2018
EDUCAÇÃO
Município abre licitação para nova creche
enviar para um amigo
receba notícias

A primeira licitação na modalidade built to suit na região foi publicada nesta segunda-feira (11) pelo Município de Vera Cruz. O termo inglês, que em tradução livre significa “construído para servir”, irá nortear a obra de uma nova creche. O modelo pioneiro consiste em uma construção que atende as necessidades da prefeitura, com contrato de locação a longo prazo. Após 240 meses ocorre reversão do imóvel para o patrimônio público.

A nova Escola Municipal de Educação Infantil – EMEI será erguida uma área da prefeitura, ao lado da Escola Municipal de Ensino Fundamental José Pedro Pauli, no Bairro Imigrante, seguindo padrão do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação – FNDE, do Ministério da Educação – MEC. A creche terá capacidade para atender 70 crianças na educação infantil, o que supre o déficit atual de vagas e dá condições do município atender a demanda prevista pelos próximos dois anos.

Pelo edital de licitação o investimento poderá chegar a R$ 1.400.000,00. Na construção de aproximadamente 730 m², podem ser gastos até R$ 1.225.000,00. Já para mobiliário, equipamentos e utensílios, o custo deve ser de até R$ 182.000,00. O projeto e a execução ficarão por conta da empresa vencedora do processo. Ao final da obra, o Município pagará até R$ 10.800,00 mensais, considerando a locação de um prédio de mesmo porte e o capital investido na obra.

Para o prefeito Guido Hoff, a ideia servirá de modelo para outras cidades e para empresas que querem colaborar com suas comunidades. “É uma economia dupla para o Município. De um lado fugimos do financiamento e de outro pagamos por algo que será nosso. Diferente do gasto que temos hoje, de quase R$ 13 mil mensais, para atender 46 crianças com bolsa integral ou parcial em creches particulares”, encerra o chefe do Executivo.

 

Fonte: Núcleo de Comunicação Social
Seta
Versão do Sistema: 3.4.0 - 05/02/2024
Copyright Instar - 2006-2024. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia